Logo Perfimec
Home > Blog

Tempo não é dinheiro. "Economia Colaborativa" - by Bruna Castro

Postado em 30 de Janeiro de 2017
Imagem de ilustração: Tempo não é dinheiro.

APRENDA E ENSINE ATRAVÉS DOS BANCOS DE TEMPO.

 

Desde que decidi fazer uma longa viagem há mais ou menos 4 meses, tenho descoberto novas formas de sobrevivência que não envolvem dinheiro. Por exemplo, através do site Work Away, encontrei uma forma de conseguir hospedagem e comida em troca de algum tipo de trabalho, como plantar, cuidar de criança, ensinar idioma, etc.

No meu tempo em Sevilha, na Espanha, encontrei um bairro em que existe o tal do banco de tempo e também a moeda social.

Como isso funciona?

Imagine que você ensina alguém a cozinhar por 2 horas. Logo, no banco de tempo, você terá um crédito de 2 horas para utilizar aprendendo outra coisa que você gostaria, como um idioma, por exemplo. Então, a moeda no banco de tempo não é dinheiro, e sim, créditos ou horas.

Os bancos de tempo têm uma história muito antiga, desde os tempos remotos no Oriente Médio, e na Europa, eles têm crescido cada vez mais. Os bancos de tempo fortalecem as comunidades e as relações entre as pessoas, e em tempos de crises econômicas mundiais, nos fazem relembrar que muitas coisas não precisam de dinheiro: e sim, de empatia, disposição e algumas horinhas.

É um exemplo vivo da economia colaborativa em favor das comunidades. O banco de tempo se baseia na igualdade e reconhece cada saber. Ou seja, não importa se alguém é iniciante ou um experto, todos são valorizados igualmente. Normalmente, os bancos de tempo funcionam em bairros, porém, a tecnologia veio para ajudar a transformar essa "ferramenta" em algo global, como o site Bliive.  Na plataforma, você pode encontrar diversos tipos de conhecimento que as pessoas estão dispostas a ensinar sem envolver dinheiro. E você certamente também tem algo para oferecer: desde ensinar a como arrumar uma mala para viajar, como fazer a melhor moqueca ou cortar o próprio cabelo.

Já pensou em criar um banco de tempo na sua rua, prédio ou no seu trabalho? Sem dúvida, além de economizar alguns reais, você faria novos amigos. Afinal, essa forma de viver é baseada na confiança. E em tempos sombrios econômicos e políticos, precisamos voltar nossos olhos para os bons exemplos.


 

Links:

WorkAway: https://www.workaway.info/

Bliive: http://bliive.com/home

Moeda Social: https://pt.wikipedia.org/wiki/Moeda_social

 

--

Bruna Castro

www.bruna.work


Comentários