Logo Perfimec
Home > Blog

Entenda a diferença de oxidação, corrosão e ferrugem! Saiba como proteger os metais.

Postado em 17 de Setembro de 2020
Imagem de ilustração: Entenda a diferença de oxidação, corrosão e ferrugem! Saiba como proteger os metais.

Oxidação, corrosão e ferrugem podem comprometer estruturas metálicas e o orçamento de sua empresa. Saiba o que são e como lidar com esses problemas!

Quem trabalha com estruturas metálicas precisa lidar com alguns desafios que podem comprometer seus projetos. Entre eles, estão as ocorrências de oxidação, corrosão e ferrugem.

Neste artigo, compreenda melhor esses conceitos e as diferenças entre eles e descubra mais sobre como proteger os metais. Acompanhe a seguir.

Oxidação, corrosão e ferrugem: afinal o que são e o que os difere?

Embora, em um primeiro momento, possa parecer que se trata de sinônimos, saiba que há, sim, diferenças.

A oxidação refere-se ao começo do processo de degradação do metal. Se não for devidamente tratada, ela deverá evoluir para a corrosão e ferrugem. O contato da estrutura metálica desprotegida com o ar ou com água estão entre os motivadores mais comuns para o surgimento do problema. 

Por sua vez, a corrosão diz respeito ao desgaste do metal após a sua oxidação. Aqui, há um maior nível de desprendimento do metal, que se torna, então, mais suscetível a avarias a partir do contato com a atmosfera.

Após a oxidação, se a estrutura apresentar ferro em sua composição, poderá surgir aquela camada avermelhada que chamamos de ferrugem, que constitui um problema grave que compromete a resistência do metal e que pode, inclusive, inviabilizar seu uso no projeto.

Dicas de como proteger os metais de oxidação, corrosão e ferrugem

Aplicar medidas preventivas para proteger os metais de oxidação, corrosão e ferrugem é essencial para garantir melhor relação custo-eficiência para as empresas de arquitetura e construção.

Se você ainda tem dúvidas quanto à importância disso, saiba que precisará realizar um planejamento para que no longo aprazo tenha que fazer a reposição de estruturas, equipamentos e instalações metálicas que foram danificadas justamente por esses problemas: oxidação, corrosão e ferrugem.

O processo mais comum para a proteção contra oxidação das estruturas metálicas é processo de pintura líquida ou epóxi (pó). Para a aplicação da pintura se faz necessária a preparação da superfície que será pintada, onde o processo mais indicado é o de jateamento à granalha.

Outra opção, que embora seja de maior custo, mas consequentemente protege a estrutura metálica por maior tempo e em condições mais agressivas e ambientes corrosivos, é a galvanização à fogo. Neste processo, toda a estrutura metálica é mergulhada em tanques de limpeza e posteriormente no tanque de zinco e outros metais que fazem o processo de galvanização. O nome “à fogo” se dá pela alta temperatura do tanque para que o metal esteja no estado líquido.

O tratamento correto da camada, seja em pintura ou galvanização, garante a durabilidade da estrutura metálica.

Dicas para remover ou tratar oxidação, corrosão e ferrugem

Quando o processo de oxidação, corrosão ou ferrugem já se iniciou, será necessário tratar estes pontos para não perder os metais. É importante, assim que detectar o início do ciclo, realizar o tratamento adequado para evitar o desgaste das estruturas. No caso da primeira etapa, a oxidação, há produtos químicos específicos para extrai-la ou, ainda, pode-se tentar a remoção mecânica. Na sequência, é crucial proteger o metal com um revestimento para evitar a recorrência do processo oxidativo ou a evolução do problema.

Já quando se identifica a corrosão ou a ferrugem, é indicado retirar mecanicamente (via lixamento, jateamento ou com o uso de produtos químicos específicos) a parte acometida. Depois, é importante proteger o material com um novo revestimento. No caso da ferrugem já instaurada, após a avaliação podem ser utilizados produtos químicos, que irão eliminar a ferrugem de forma prática, rápida e sem sujeira.

Para mais dicas sobre como proteger os metais de seus projetos contra oxidação, corrosão e ferrugem, assine nossa newsletter e mantenha-se sempre atualizado.


Comentários